Make your own free website on Tripod.com

 

Viviane Valar

 

Nome: Viviane Hook Valar

Apelido: Viv


Lugar de nascimento: Rio de Janeiro, Brasil. Avô paterno italiano, esteve na Inglaterra por alguns anos fazendo um curso. Voltou para o Brasil, casou-se, teve filhos. Descobri que existia Hogwart, e desconfio que talvez tenha sido lá que ele esteve. Quero aprender mais sobre ele, magia e sobre mim mesma.


Data de Nascimento: 20/11/1990


Signo astrológico: Escorpião, com ascendente em escorpião.


Familiares : Avô Paterno bruxo: Luiz Valar,Avó Paterna troxa: Gioconda Valar,Amiga trouxa: Celly Pant (entendida de bruxaria)

Filiação:Fátima HooK Valar e D' Áustria Valar


Altura: 1,50m


Peso: 43kg


Cabelo: Ruivo vivo, até o meio das costas, liso.


Olhos: Castanhos cor de mel, bem claros.


Características marcantes: Óculos para miopia, tatoo de uma borboleta azul, na base posterior esquerda do pescoço, marca de nascença: mancha vermelha em forma de escorpião, canhota, usando rabo de cavalo quase todo o tempo, ou meio-rabo de cavalo.


Histórico: Meu avô paterno, bruxo, casou-se com minha avó trouxa. Teve 7 filhos. Meu pai (um deles), não é bruxo (seria um aborto?). E não gostava de bruxaria, pois tinha medo e insegurança. Logo tudo virou segredo. Mas meu pai acabou por se casar com minha mãe que é bruxa, filha de trouxas, que tinham aversão a bruxaria. Porém minha mãe adolescente, tinha vontade de conhecer as coisas. E aprendeu sozinha e em alguns cursos não autorizado, desenvolvendo alguns "dons". Ao conhecer meu pai, escondeu dele sua condição, por amor. Eu nasci. Ela me encinou algumas teorias, mas nunca praticou. Quando eu quiz fazer as coisas, ela se fechou, pois depois de tamto tempo, acabou ficando amedrontada, e de repente não quiz mais falar sobre magia. Confusa, procurei explicações para as coisas que eu fazia, sentia, sonhava a nada pôde me ajudar. Uma amiga trouxa, Celly Pant, que conheci no Brasil, com quem vou continuar me corenspondendo sempre, foi quem me incentivou a não desistir. Ela sempre se imtereçou por bruxaria. E tanto procurou que achou cursos clandestinos de magia, pesquisou, aprendeu algumas coisas que passava pra mim. Como hipnose, energização, advinhação, leitura do futuro, sugestão e condução, telepatia, captura de auras, e muito mais. O curioso, era que sozinha, ela não tinha poderes. Eu sozinha tinha alguns, mas, juntas, éramos incríveis!!! (será que ela também é bruxa?). Num certo momento, ouvindo histórias de meu avô Paterno ( que faleceu 2 anos antes de eu nascer), fui notando que éramos parecidos. Mesma letra, mesma vocação, mesmas dúvidas, sonhos, incertezas, teorias sobre as coisas e o mundo, que eu nunca falei pra ningém. Minha avó paterna diz às vezes:
- " Nossa, Viv, agora você falou igual a seu avô! Parece até que eu estou vendo ele na minha frente!"
Ela não falava propriamente em bruxaria, mas em algumas coisas inexplicáveis que aconteciam. Intrigada, comecei a investigar toda a sua vida, e descobri que ele passou alguns anos na Inglaterra fazendo cursos, que ao que tudo indica foi em Hogwart. E eu gostaria muito de saber como foi e aprender tudo o que puder.

Personalidade: Sou sonhadora, às vezes me desligo e fico "of". Sou alegre, otimista ao extremo (quase uma Polianna), adoro bebês, sou honesta de doer, adoro poesias, canto, pintura. Me apaixono fácil e luto até o fim. Pregiçosa, porém quando preciso, faço o que for preciso para vencer.


Peculiaridades: Defeitos: Preguiça, honestidade crua, confio demais nas pessoas, teimosia, roer as unhas ( na verdade e a pele em volta da unha), pesadelos quase todas as noites (perseguição, frustrações, fracassos, torturas medievais, traição)


Preferências: Gosto: Poesia, pintura, dança, músicas, livros de magia e de romance, beijos e abraços, pôr-do-sol, aurora, lua, mar ou rio, chuva forte (pra tomar banho), jogos de tabuleiro e quadra, sonhar acordada e dormindo ( principalmente quando posso voar e levitar as coisas), rozas azuis, borboletas coloridas, bebezinhos, meditação, energização, entrar em alfa (com flutuação ou transporte), doces e queijos, cores: azul, mostarda, ferrugem, salmão.
não gosto: Injustiça, calúnia, mentiras, atraso, correr, insetos voadores (principalmente bezouros), cachorro bravo, dúvidarem de minha capacidade, pesadelos.

Trilha sonora: " ...Eu vivo sempre no mundo da lua... Vem pegar carona nessa calda de fogete, ver a Via Lactea estrada tão bonita, breincar de esconde-esconde nessa nebulosa, voltar pra casa nesse lindo balão azul..."